DWIH São Paulo abre portas para quem quer estudar e pesquisar na Alemanha

DWIH São Paulo recebe interessados em estudar e pesquisar na Alemanha em Dia de Portas Abertas

Interessados em estudar e pesquisar na Alemanha poderão ficar a par sobre o perfil de algumas das instituições mais renomadas do país e as oportunidades de pesquisa, cooperação, fomento e bolsas em um único evento. No 3 de outubro, na capital paulista, o Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo) promove o seu Dia de Portas Abertas com este objetivo. O evento é gratuito e não requer inscrição prévia.

“É uma ocasião especial, praticamente única em São Paulo, quando os interessados podem se informar sobre as instituições de pesquisa e ao mesmo tempo verificar as possibilidades de bolsas e fomento”, afirma o coordenador do DWIH São Paulo, Marcio Weichert. “Como não é um evento de massa, a exemplo de feiras de estudantes, há bastante espaço para conversas mais aprofundadas e para receber orientação”, acrescenta Weichert, que abre o evento com uma explicação sobre a atuação do Centro Alemão.

Na sequência, representantes de instituições, como DAAD, WWU Münster, FU BerlinTU MünchenSociedade FraunhoferDFG, falam sobre as características de cada uma. Nesta edição, três novos associados do Centro Alemão se apresentam pela primeira vez no Dia de Portas Abertas: Baylat, TU Berlin e RWTH Aachen.

Após o intervalo do almoço, ocorrem as apresentações do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), sobre programas de bolsas e fomento, e da Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), sobre possibilidades de fomento e cooperação entre Brasil e Alemanha. Os visitantes poderão ter conversas individuais para obter informação e orientação com os representantes das universidades e agências.

De acordo com o último relatório Wissenschaft weltoffen do Ministério da Pesquisa e Educação da Alemanha (BMBF), depois do México, Brasil é a segunda maior origem de estudantes da América Latina matriculados na Alemanha. Só com o auxílio do DAAD, no ano passado 1.196 brasileiros realizaram estudos ou pesquisa na Alemanha por meio de uma bolsa individual ou financiamento para projetos.

Exposição fotográfica – O Dia de Portas Abertas será encerrado com uma palestra do fotógrafo André Pessoa, autor da exposição “Serra da Capivara: os mais antigos vestígios da povoação na América?”, que estará à mostra no DWIH São Paulo até 10/10. Na sequência, o professor do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e ex-bolsista da Sociedade Max-Planck, André Strauss, fará outra palestra.

Idealizada pela DFG, a exposição retrata o trabalho arqueológico que vem sendo feito na região. Pesquisadores de várias nacionalidades, inclusive da Alemanha, participam das investigações. Conhecida por seus sítios arqueológicos únicos e suas impressionantes pinturas rupestres, a Serra da Capivara também é retratada na mostra por meio de sua flora, fauna, cultura e tradições locais.

O Dia de Portas Abertas integra a programação das Jornadas Alemãs, uma semana de eventos idealizada pelo Consulado Geral da Alemanha em São Paulo para celebrar a Reunificação Alemã. Diversas atrações gratuitas acontecem na cidade, fornecendo um retrato do país, sua língua e cultura.

 

Serviço:

 

Dia de Portas Abertas

Data: 3 de outubro, das 11h às 15h30.

Local: DWIH São Paulo (Rua Verbo Divino, 1.488, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo).

Veja a programação no link: http://bit.ly/dwih_portasabertas

 

Exposição fotográfica - Serra da Capivara – os mais antigos vestígios da povoação na América?

Data: 3 a 10 de outubro, das 10:00 às 17:00.

Local: DWIH São Paulo (Rua Verbo Divino, 1.488, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo).

Cooperadores