Memória, Democracia, e Resistência: Reflexões Sobre o Nazifascismo na Alemanha

Data: 
08/11/2018 
Local: 
São Paulo (SP) 
Organizador: 
Cátedra Martius de Estudos Alemães e Europeus (FFLCH-USP/DAAD) e Grupo de Pesquisa Qualidade da Democracia (IEA-USP) 
Cartaz Memória Democracia

A experiência da ditadura e do nazifascismo na Alemanha é frequentemente usada como ponto de referência quando se discute a possibilidade de resistência sob regimes autoritários e totalitários e a importância da memória do mal para se criar uma cultura democrática. Serve também como pano de fundo ao analisar a ascensão de novas forças nacionalistas, populistas e autoritárias na Europa e além.

Nesse contexto, o evento irá reunir pesquisadores de diferentes áreas com interesse nos estudos alemães para trazer diferentes perspectivas sobre as repercussões do regime nazista ontem e hoje. Trata-se de uma iniciativa da Cátedra Martius de Estudos Alemães e Europeus e do Grupo de Pesquisa Qualidade da Democracia. 

O evento será em português e inglês, com tradução simultânea.  

Programação:

Juliana P. Perez (FFLCH/USP): Uma reflexão sobre a resistência pacífica durante o nacional-socialismo: o exemplo da Rosa Branca

Márcio Seligmann-Silva (IEL/UNICAMP): Memória do mal como cultura da resistência

Barbara Laubenthal (DGS/University of Texas at Austin): Right-wing populism in Europe: The Alternative for Germany (AfD) and its dealing with the Nazi past

Data e horário: 8 de novembro, das 14h30 às 17h30.

Local: Sala Alfredo Bosi (Rua Praça do Relógio, 109, Cidade Universitária, São Paulo)

Inscrições gratuitas pelo site: http://www.iea.usp.br/eventos/memoria-democracia

Transmissão pela internet neste link: http://www.iea.usp.br/aovivo

Cooperadores