Exposição: “Serra da Capivara – os mais antigos vestígios da povoação na América?”

Data: 
10/11/2018 a 10/02/2019 
Local: 
Rio de Janeiro (RJ) 
Organizador: 
DFG e Museu do Amanhã 

A exposição fotográfica “Serra da Capivara: os mais antigos vestígios da povoação na América?” estreou no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, no dia 10 de novembro. Promovida pela Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG), a mostra ganhou um novo formato e permanecerá por três meses como exposição temporária do museu – atualmente o mais visitado do Brasil e a terceira atração turística mais visitada do Rio de Janeiro, com uma média superior a 1 milhão de visitantes por ano.

A mostra revela as pesquisas científicas realizadas na Serra da Capivara, sua fascinante biodiversidade e a cultura local, retratados através do olhar cuidadoso do fotojornalista pernambucano André Pessoa. Especializado em registros naturais e científicos, Pessoa fotografa há mais de 25 anos o parque piauiense, que é tombado Patrimônio Mundial Cultural pela UNESCO por seus sítios arqueológicos e impressionantes pinturas rupestres. Estudos recentes apontam que esses vestígios milenares podem ser os mais antigos indícios da habitação humana no continente americano.

Exposição “Serra da Capivara: os mais antigos vestígios da povoação na América?”
Data: 10 de novembro de 2018 a 10 de fevereiro de 2019
Horário de visitação: Terça a Domingo, das 10h às 18h (com a última entrada às 17h)
Local: Museu do Amanhã, Rio de Jeneiro - RJ

Cooperadores