Alemanha - Agentes de Inovação

Um grande número de organizações participa ativamente do desenvolvimento da inovação na Alemanha. Entre elas, estão os departamentos de transferência de tecnologia dentro de organizações científicas e universidades, agências de fomento à inovação e parques tecnológicos. As pequenas e médias empresas também possuem um importante papel na criação de novos produtos e serviços. Abaixo, alguns atores do cenário de inovação alemão.

Associação Federal Alemã de Centros de Inovação, Tecnologia e Incubação de Empresas (BVIZ)

A BVIZ reúne 150  incubadoras e centros de inovação, tecnologia e negócios, assim como parques científicos e tecnológicos. A associação dá suporte a seus membros, orientando-os na criação de novas empresas e supervisionando os negócios inovadores e orientados para a tecnologia. Com esta iniciativa, a BVIZ apoia o surgimento e o crescimento de pequenas e médias empresas, que se tornam agentes de promoção regional da economia.

Federação Alemã de Pesquisa Industrial (AiF)

A preocupação central da AiF é promover pesquisa aplicada e desenvolvimento em favor de pequenas e médias empresas (PMEs). A AiF tem desenvolvido uma infraestrutura única, com a finalidade de constituir uma indústria baseada em redes de inovação. A estas redes pertencem mais de 100 associações de pesquisa industrial, com aproximadamente 50 mil empresas (principalmente PMEs), bem como dois escritórios próprios em Colônia e Berlim, na Alemanha.

Fraunhofer - Clusters de Inovação

Os institutos da Sociedade Fraunhofer trabalham ativamente como agentes de inovação por meio de seus clusters, que articulam competências e unem recursos em núcleos de pesquisa. Os clusters fazem a ponte entre a indústria e a pesquisa científica. Essa aproximação entre organizações de pesquisa, investidores e empresas cria redes de contatos, o que gera ideias para novos processos empresariais e até mesmo a fundação de novas empresas.

Helmholtz - Transferência de tecnologia

A Associação Helmholtz promove pesquisas que envolvem o governo e a sociedade, com o objetivo de trazer melhorias na qualidade de vida da população. A associação transforma conhecimento científico em inovação, com cerca de 400 novas patentes por ano e mais de 10 mil publicações científicas, além de dois mil projetos colaborativos com a indústria.

Associação Leibniz

A Associação Leibniz conecta 89 instituições de pesquisa independentes. Todas elas trabalham com questões de relevância social, econômica e ecológica. Elas conduzem pesquisas aplicadas básicas, mantêm uma infraestrutura científica e fornecem serviços baseados em pesquisa. Também colaboram intensamente com as universidades, por meio dos "Leibniz Science Campi".

Max Planck Innovation

A Max Planck Innovation é a organização responsável por levar ao mercado as invenções e tecnologias desenvolvidas nos institutos Max Planck. Ela oferece aos institutos de pesquisa consultoria sobre questões de patentes e organiza os registros e licenças. Além disso, existe uma equipe que oferece aos pesquisadores da Sociedade Max Planck assistência profissional para criação de novas empresas, desde que recorram a tecnologias oriundas da Max Planck.  A Max Planck Innovation realiza também rodadas de negócios para financiamentos de novas empresas.

Agência de Inovação da Sociedade de Mídia e Cinema de Baden-Württemberg  (MFG)

A Sociedade de Mídia e Cinema (MFG) possui uma agência pública de inovação, que tem como objetivo apoiar iniciativas de empreendedorismo, em especial de pequenas e médias empresas. O local se tornou um centro de excelência para as indústrias criativas, mídia e cinema do estado de Baden-Württemberg, localizado no sudoeste da Alemanha.

Parques Tecnológicos (Technologieparks)

Atualmente, 154 parques tecnológicos estão associados à Associação Alemã de Centros de Inovação, Tecnologia e Incubadoras de Empresas (BVIZ). Eles abrigam 5,8 mil empresas e empregam cerca de 46 mil pessoas. Ao todo, os parques já contribuíram na formação de mais de 17,4 mil novas empresas.

Membros